11.4.05

Exposição "Os Palcos da Bola"

Abriu no dia 9 de Abril e pode ser apreciada até ao fim do mês...

5.4.05

Palcos da Bola da Casa Municipal da Juventude de Aveiro

Este sábado, dia 9 de Abril, é inaugurada na Casa Municipal da Juventude de Aveiro a exposição “Palcos da Bola”.
O plural de Palcos da Bola só tem cinco minutos de distância. Ou uma eternidade. São dois mundos nos antípodas, unidos pela bola mágica.

O Estádio Municipal de Aveiro é o palco opulento, garboso nas suas cores novinhas em folha. É bonito, apresenta-se bem, era preciso pôr gravata para receber o 2004. Vão lá jornalistas, até aos treinos, quando muda o treinador dá nas notícias, há VIP’s e saídas de emergência, parabólicas que levam a redondinha ao mundo, e ondas nas bancadas porque às vezes vai lá gente que dá para fazer as ondas.
Tem apanha-bolas contratados, é enorme de tão grande, tem um painel “Você está aqui”. Porque é grande, do tamanho dos sonhos de quem delira com vitórias opulentas, garbosas nas suas cores novinhas em folha.

A prova de contraste cumpre-se no vizinho parque de jogos de S. Brás. Propriedade do Frente Impulsionadora do Desporto e Cultura (FIDEC), de Santa Joana, está situado a três quilómetros do Estádio Municipal de Aveiro Mário Duarte. Esta época (2004/2005), a equipa sénior milita na zona norte da segunda divisão distrital da Associação de Futebol de Aveiro.A terra castanho-duro em vez da relva verde-suave. Vem-se à bola de bicicleta, empoleirados no selim da mota vemos o jogo sem pagar.
O presidente da direcção está à porta a vender bilhetes para o jogo. Não vão lá jornalistas, quando muda o treinador não dá nas notícias, não há parabólicas, nem ondas nas bancadas, nem apanha-bolas sem contrato algum.

O Projecto BlogAveiro pretende-se ponto de encontro de todos os que gostam de Aveiro e gostam de fotografia também.
Gerado na turma de Fotojornalismo 2004/2005 do Instituto Superior de Ciências da Informação e da Administração (ISCIA), não se esgota na cidade de Aveiro, galgando o distrito, a região; não se ancora unicamente nas "fotos das terras", nem sequer abomina tudo o que não seja fotografia.
Constitui-se, já, como uma bojuda Galeria Virtual de Fotografias, distribuídas por mais de 30 blogs, ultrapassando as 1.500 imagens, captadas por 30 repórteres fotográficos. O directório principal do BlogAveiro mora em http://blogaveiro.blogspot.com

Viagens encantatórias pelas aldeias perdidas da Serra da Freita, retratos das gentes do Caramulo, mail’o Senhor Manuel, as moreias mais as pedras-parideiras; gotas que se contam e outras que se esparramam pixéis fora; fotos-miradouro para delícias paisagísticas várias, e outras brotando de espelhos-de-água; fotos pintadas com luz, penumbras e neblina; mordendo o chão para fotografar o repuxo, engolindo poeira para abocanhar a cratera, voando sobre carris, acariciando as nervuras do desenho azulejado; genuflectindo perante o farol medonho de bonito. E fotos com sal, e fotos com um sorriso, estados d’alma; provas de contraste entre o opulento Estádio de Aveiro e o parque de jogos da FIDEC, descidas aos cemitérios, registos de um mundo grafitado.
De hoje e de antanho, passeio da Escola Masculina ao Canal dos Santos Mártires, roteiro errático pela cidade bela.
E também, agora de mais longe, a neve da Serra da Estrela e a forasteira, o xisto forte do Piódão, apontamentos gandareses, o Douro.
E há fotos dentro da máquina da água, e um livro, uma flor, o mar, muitas pérolas a desfiar...

Para além da presença na internet, o Projecto BlogAveiro materializa-se também através de outras iniciativas, como, por exemplo, exposições em sala.

A primeira dessas exposições intitulada “Sinais do Mar”, de Isabel Silva e Sara Agudo, esteve patente ao público, na Casa Municipal da Juventude de Aveiro, entre 19 de Fevereiro e 12 de Março de 2005.
As fotografias desta exposição encontram-se disponíveis, na internet, no endereço http://gestosdomar.blogspot.com/

A apresentação oficial do BlogAveiro, projecto coordenado por Dinis Manuel Alves, docente da disciplina de Fotojornalismo no ISCIA, teve lugar no passado dia 26 de Fevereiro, no Hall do Grande Auditório do Centro Cultural e de Congressos de Aveiro.
A exposição FrutaCores esteve patente no Museu Etnográfico da Praia de Mira entre 5 e 31 de Março.
No que reporta às exposições em sala, o Projecto BlogAveiro pretende cumprir roteiro de itinerância, estando já a ser ultimadas algumas iniciativas.

Gotas, de Fausto Correia, estará patente ao público na Sala Inês de Castro, do Instituto Português da Juventude de Coimbra, entre 7 e 19 de Abril. Pode apreciar algumas gotas aqui.

A Voz do Silêncio, de Isabel Henriques, inaugura a 21 de Abril, na Galeria do Instituto Português da Juventude, em Coimbra. Até 5 de Maio (http://isahenriques.blogspot.com/).

Um Olhar sobre Arouca, de Paulo Bastos, inaugura a 7 de Maio, em Arouca. Até 31 de Maio (http://paulo-serra.blogspot.com/).

As entidades que pretendam ver os trabalhos do BlogAveiro expostos nas suas instituições devem contactar-nos, para o e-mail gabcom@iscia.edu.pt

1.1.05

De carro para o Estádio.

Do outro lado do IP5, o ferro-velho domina a paisagem. Com o Estádio, noutro patamar, ao fundo...

31.12.04

A caminho do Estádio.

Todos os caminhos vão dar ao Estádio Municipal de Aveiro Mário Duarte...

O Estádio.

Chegámos ao Estádio Municipal de Aveiro Mário Duarte, um dos palcos do Euro2004.

Jogo de cores.

O jogo de cores envolve o complexo desportivo...

Tantas cores...

Tantas cores...

Mais cores...

Engenharia e cor.

Bancos vazios.

O Estádio está às moscas. Do lado de fora, os bancos estão vazios e o lixo amontoa-se junto aos caixotes...

Por aqui...

É por aqui. Estamos mesmo a chegar...

O palco da bola.

As portas do Estádio estão fechadas. Por uma nesga de luz vemos, ao fundo, o palco da bola. Cheira a futebol...

O sol ilumina as cores.

Luz, cor, alegria. Ao fim do dia no Estádio Municipal de Aveiro.

30.12.04

Festival de cores.

Um festival de cores na festa do futebol!

A noite chega primeiro ao relvado...

As cores brilham ainda mais nas bancadas, enquanto a noite cai no relvado...

Ainda e sempre as cores.

A alegria das cores, outra vez. É, definitivamente, a imagem de marca deste Estádio!

Jornalistas sempre atentos.

A máquina fotográfica tem esta magia. Concentra as atenções. E não estamos a falar do público anónimo. Carlos Delgado, jornalista da Bola, e Carlos Oliveira, jornalista do Record, acompanhavam o treino e a objectiva. Um jornalista está sempre atento...

Concentração.

Concentração máxima nas bancadas...

Concentração, parte 2.

Na bancada central, o público presente continua concentrado! Quer dizer, quase todo...

Sob observação.

Observador atento.

Olhos no relvado!

Atenção máxima! Nada escapa a estes dois espectadores...

Respeito.

Respeito. Silêncio absoluto.

Área VIP

Área reservada a VIP´s.

O jogo de cores, sempre.

O jogo de cores está em todo o lado.

Requinte.

Requinte também na área de lazer...

E há mais...

Mais pormenores...

Todas as condições.

Existem vários nos anéis interiores do recinto, a 20 segundos das bancadas...

Limpeza.

Caixotes do Lixo...

Por aqui...

Em caso de emergência...

O fim do dia no Estádio...

O fim do dia...

Área de lazer exterior...

Área de lazer no exterior do estádio.

Via verde.

Via verde para seguir viagem.

Estacionar.

Estacionamento ordenado.

Sem confusão.

Sem confusão. Os lugares de estacionamento estão perfeitamente identificados...

Sentido Obrigatório.

Para o Estádio Municipal de Aveiro é por aqui.

29.12.04

Pés ao caminho...

A caminho do Estádio Municipal de Aveiro Mário Duarte. Já faltou mais...

Por estas escadas...

De Aveiro para todo o mundo.

Faltam duas horas para começar o jogo. Está tudo pronto para a transmissão, a partir de Aveiro para todo o mundo. Milhões de portugueses não vão perder um segundo que seja deste jogo. Números que ajudam os defensores desde deporto a afirmar que o futebol é o maoir espectáculo do mundo.


Leões na estrada.

Os leões a caminho...

A máquina comercial não pára.

O futebol é um negócio de milhões e nenhum pormenor é desvalorizado. O camião TBZ, com artigos promocionais do Sporting Clube de Portugal já está, desde o início da tarde, de portas abertas no parque de estacionamento. Está frio e os adeptos não são muitos, mas o negócio não estava a correr mal.

O palco dos sonhos.

No interior, o palco dos sonhos está preparado para receber os artistas. As bancadas ainda estão praticamente desertas, mas o colorido dos bancos dá um ar festivo ao Estádio Municipal de Aveiro Mário Duarte. A música que sai do potente sistema de som quebra o silêncio...

Que frio!

O frio aperta e o engenho desperta para combater o vento que sopra de norte...

Contagem decrescente...

No relvado, os repórteres de rádio contam os minutos para o início do jogo. O frio também é muito. Contam-se piadas para "matar o tempo".

O corredor da fama.

Os jogadores vão subir por aqui... A qualquer instante.

A primeira ovação.

A primeira ovação da noite. Os "leões" enchem o primeiro anel sul do Estádio Municipal de Aveiro Mário Duarte, mas a afluência de público fica muito aquém das expectativas. Os números oficiais apontam para 10.023 espectadores nas bancadas. Esperava-se mais...

O aquecimento.

Começa o aquecimento...

Qual é o tema da conversa?

Os olhos estão postos na sessão de aquecimento do Sporting. Sobre o que é que falam os dois? Aceitam-se sugestões na secção de comentários.

Os ídolos.

Os apanha-bolas do Beira Mar não tiram os olhos da sessão de aquecimento do Sporting. Estão lá os ídolos todos: Liedson, Rochemback, Ricardo, Polga, Hugo Viana, Douala...

Ambiente de treino.

Parece um ambiente de uma sessão de treino, mas não é. Esta fotografia, que mostra uma parte da bancada central do Estádio Municipal de Aveiro Mário Duarte, foi tirada às 20.50, 10 minutos antes do início do Beira Mar-Sporting, a contar para a 11ªjornada da Superliga.

O árbitro.

Indiferente ao ambiente festivo, o árbitro Carlos Xistra não descura os habituais exercícios de aquecimento. Mas, para ele, ninguém olha. É o que ele mais deseja: Passar despercebido no imenso relvado.

Em directo.

O aquecimento continua a decorrer. A TVI, detentora dos direitos de transmissão do jogo, está em directo, no Jornal Nacional, a partir do relvado do Estádio Municipal de Aveiro Mário Duarte. O futebol é um negócio de milhões.

Regresso ao balneário.

Termina o aquecimento. Os craques regressam aos balneários para ouvirem as últimas indicações e vestirem o "uniforme de gala". Os rostos apresentam-se fechados. A hora é de concentração máxima.